Jane Eyre
Jane Eyre
Autor
Charlotte Brontë
Tradução e notas
Doris Goettems
Adaptação
***************
Ilustrador
Frederick Henry Townsend
Idioma
Português-Inglês
Lançamento
02/2020
Acabamento
Cartonado
Formato
15,8cm x 23cm
Páginas
656
Peso
705 g
ISBN - Livros
ISBN 9789899978928
ISBN - Digital
---------
Sinopse
JANE EYRE, romance de Charlotte Brontë publicado em 1847, é a sua composição mais importante e uma obra que ocupa posição de destaque dentro do Romantismo inglês.

Apesar de ser um extenso romance, grande parte da narrativa de Jane Eyre aproxima-se do drama, pois o leitor vê-se diante de uma protagonista que muda o rumo dos acontecimentos a partir da sua ação, conduzindo, assim, o eixo dramático da narrativa. O trágico também acompanha todo o romance e toda a trajetória da personagem principal. O confronto com as perdas, a intervenção do destino, as escolhas morais, o prenúncio do inescapavelmente trágico e, ainda, as constantes citações de tragédias shakespeareanas, compõem o cenário de JANE EYRE.

O sucesso da sua publicação foi tamanha que a sua primeira edição esgotou-se imediatamente, sendo publicada mais três reimpressões ainda em 1847.
Compre em Nossos Parceiros

Conheça mais sobre Charlotte Brontë


(1816-1855)

Escritora inglesa proeminente, cujo ingresso na literatura iniciou-se com pequenos contos de inspiração byroniana escritos em conjuntos com seus irmãos: com Patrick, criou o reino imaginário de Angria, ao mesmo tempo que Emily e Anne criavam o reino de Gondal. Sua produção literária, apesar de modesta, é significativa: suas principais obras são “Jane Eyre”, em 1847; “Shirley” foi escrita em 1849; “Villette”, em 1853; “O Professor”, apesar de ter sido seu primeiro romance, antes mesmo de “Jane Eyre” somente foi publicado postumamente, em 1857; deixou ainda inacabado “Emma”, publicado em 1860.

A importância de Charlotte Brontë é significativa em um momento em que as relações sociais e a sociedade transformavam-se: em uma época onde as mulheres eram consideradas apenas como um mero adorno social, Charlotte Brontë bravamente enfrentou obstáculos através da sua obra. Os seus romances falam sobre a opressão da mulher, o que a caracterizam como uma das primeiras mulheres modernas; entretanto, classificá-la apenas como feminista seria uma má-representação da sua verdadeira condição e importância.


COMPASSO DOS VENTOS EDITORA LDA
Rua das Portas de Santo Antão, nº89 - Santa Justa 1169-022 Lisboa-Portugal -
Tel: +351 210 405 119

info@compasso-dos-ventos.pt