Calafrio: The Turn Of the Screw
Calafrio: The Turn Of the Screw
Autor
Henry James
Tradução e notas
Francisco Carlos Lopes
Adaptação
***************
Ilustrador
***************
Idioma
Português-Inglês
Lançamento
05/2018
Acabamento
Cartonado
Formato
15,8cm x 23cm
Páginas
320
Peso
300 g
ISBN - Livros
ISBN 9789899978935
ISBN - Digital
---------
Sinopse
CALAFRIO: The Turn of the Screw, de Henry James, foi inicialmente publicado em formato de folhetim em edições do jornal literário Collier’s Weekly: An Illustrated Journal.

Enquadra-se bem no género em que Henry James foi particularmente bem-sucedido, constituindo um paradigma deste formato “curto demais para ser um romance e longo demais para ser um conto”.

É considerado como um dos maiores triunfos literários do autor ao mesmo tempo em que foi tido como o seu trabalho mais enigmático e controvertido, ao provocar grande polémica em relação ao comportamento da personagem principal: uma preceptora que narra a história de um casal de crianças possuído pelos espíritos de um criado de quarto e de sua antecessora num casarão antigo na região de Bly, no interior inglês.

Não fica claro se os acontecimentos eram de facto reais ou frutos de uma imaginação obsessiva, o que pelo viés da análise freudiana da reprimida sexualidade vitoriana, poderia ser visto e encarado como altamente suspeito.

Para quem busca um thriller psicológico de altíssima qualidade literária, CALAFRIO: The Turn of the Screw é uma obra primordial.
Compre em Nossos Parceiros

Conheça mais sobre Henry James


(1843-1916)

Foi um escritor nascido nos Estados Unidos e naturalizado britânico. Uma das principais figuras do realismo na literatura do século XIX. Autor de alguns dos romances, contos e críticas literárias mais importantes da Literatura de língua inglesa e filho do teólogo Henry James Senior e irmão do médico, filósofo e psicólogo William James.

A carreira literária de Henry James teve três etapas. A primeira ocorreu na década de 1870, com a publicação de duas de suas mais renomadas novelas “Daisy Miller”, de 1879 e “Retrato de uma Senhora”, de 1881, cujo tema é o confronto entre o novo mundo e os valores do velho continente. Na segunda etapa, James experimentou diversos temas e formas. De 1885 até 1890, escreveu três novelas de conteúdo político e social, histórias sobre reformadores e revolucionários que revelam a influência da corrente naturalista. Nos anos 1890-1895, chamados “os anos dramáticos”, James escreveu sete obras de teatro, das quais duas foram encenadas, com pouco êxito, o que fez com que James retornasse à narrativa. É desse período a publicação de “A Volta do Parafuso”, de 1898. A partir do início do século XX, iniciou-se a última etapa do trabalho de James, considerada por muitos críticos como a mais importante, quando o autor explorou o complexo funcionamento da consciência humana. A sua prosa tornou-se densa, com a sintaxe cada vez mais intrincada. Essas características definem as três grandes obras dessa etapa final, "As Asas da Pomba”, de 1902, “ Os Embaixadores”, de 1903 e “A Taça de Ouro”, de 1904. Além dos romances, relatos curtos e obras de teatro, o autor deixou inúmeros ensaios sobre viagens, críticas literárias, cartas, e três obras autobiográficas.

Os últimos anos da sua vida transcorreram em absoluto isolamento na sua casa, que só deixou em 1904 para regressar brevemente aos Estados Unidos depois de 20 anos de ausência. Em 1915, com a eclosão da Grande Guerra, James adotou a cidadania britânica. Morreu aos 72 anos, pouco depois de receber a Ordem do Mérito Britânica.


COMPASSO DOS VENTOS EDITORA LDA
Rua das Portas de Santo Antão, nº89 - Santa Justa 1169-022 Lisboa-Portugal -
Tel: +351 210 405 119

info@compasso-dos-ventos.pt