A Primeira História do Mundo
A Primeira História do Mundo
Autor
Alberto Mussa
Tradução e notas
***************
Adaptação
***************
Ilustrador
***************
Idioma
Português
Lançamento
05/2018
Acabamento
Brochado
Formato
15,8cm x 23cm
Páginas
184
Peso
190 g
ISBN - Livros
ISBN 9789899978980
ISBN - Digital
---------
Sinopse
Oito suspeitos, um caso desvendado em poucas semanas, várias linhas de investigações, mas as verdadeiras conclusões serão realmente aquelas que foram alcançadas?

O premiado escritor Alberto Mussa, vencedor dos prémios Casa de Las Américas, Machado de Assis, Biblioteca Nacional e Oceanos e um dos mais originais e criativos ficcionistas brasileiros, constrói uma narrativa baseada em parte na documentação de um caso real – o primeiro registo formal de assassinato na cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, em 1567.

“A Primeira História do Mundo”, obra finalista do Prémio Oceanos de 2015, narra a investigação de um crime, mas seria um crime passional, uma história de adultério? Numa cidade recém-fundada, que lutava pela sua sobrevivência entre ataques de índios, invasores estrangeiros e guerras pela conquista de terras e riqueza, o primeiro crime documentado envolveu, entre acusados e testemunhas, espantosos quinze porcento da população da cidade que então não ultrapassava as quatrocentas almas.

“A Primeira História do Mundo”, uma das obras integrantes do “Compêndio Mítico do Rio de Janeiro”, série de cinco novelas policiais, uma para cada século da história carioca é, sem dúvida, o mais popular dos livros do autor, uma deliciosa trama policial, em que os mitos fundadores do Brasil, sobretudo os indígenas, associados à própria tradição do género literário, serão fundamentais para a solução do caso.

Mussa respeita na sua narrativa o registo histórico e as tradições mitológicas, os povos e os seus costumes com as suas características e crenças próprias. A partir desse conhecimento e do domínio literário que permeia toda a sua obra, expressa toda a sua expertise em função de uma boa história – uma história cativante e original, repleta de mistérios, traições, violência e erotismo.
Compre em Nossos Parceiros

Conheça mais sobre Alberto Mussa


(1961)

Nascido no Rio de Janeiro, Brasil, é um escritor brasileiro.

Depois de estudar matemática, formou-se em Letras pela UFRJ, tornando-se mestre em linguística com a dissertação “O papel das línguas africanas na história do português do Brasil”. Recriou a mitologia dos antigos tupinambás; traduziu a poesia árabe pré-islâmica; e escreveu, com Luiz Antônio Simas, uma história do samba de enredo. A sua proposta é fundir a tradição narrativa ocidental aos relatos mitológicos de outras culturas, como a afro-brasileira, a da Arábia pré-islâmica e a do Brasil indígena. Suas obras foram publicadas em 17 países e 15 idiomas, como na Argentina, Cuba, Portugal, Itália, França, Inglaterra, Roménia, Turquia, Espanha e Egito. Seu “Compêndio Mítico do Rio de Janeiro” compõe-se de cinco novelas do género ficção-histórica, com base em romances policiais, um para cada século da história carioca: “A primeira história do mundo” (séc. XVI), “O trono da rainha Jinga” (séc. XVII), “Biblioteca elementar” (séc. XVIII, a ser escrito), “A hipótese humana” (séc. XIX), “O senhor do lado esquerdo” (séc. XX).

Premiado no Brasil e no exterior, recebeu, entre outras distinções, os prémios Casa de Las Américas, o de Melhor Ficção, concedido pela Academia Brasileira de Letras, o Prémio Machado de Assis (duas vezes), da Biblioteca Nacional do Brasil, e o da APCA – Associação Paulista dos Críticos de Arte, também duas vezes.

A sua obra está hoje publicada em dezassete países e em quinze idiomas.


COMPASSO DOS VENTOS EDITORA LDA
Rua das Portas de Santo Antão, nº89 - Santa Justa 1169-022 Lisboa-Portugal -
Tel: +351 210 405 119

info@compasso-dos-ventos.pt